O Cartrophen Vet tem uma ótima eficácia clínica em equinos com 2 a 2,5 mg/kg de pentosano polissulfato de sódio (PPS) administrado de forma intramuscular em quatro ocasiões em intervalos de 5 a 7 dias. A dosagem é equivalente a 1 g de PPS por cavalo de 400 a 500 kg ou o equivalente a um frasco de Cartrophen Vet (10 ml), que contém 1 g de PPS.

Estudos de resposta à dose em cachorros com OA demonstraram que 3 mg/kg de Cartrophen Vet foi ideal e que dosagens de 1 mg/kg e 5 mg/kg não foram eficazes. O índice de manqueira foi medido em uma escala de 5 pontos de gravidade (de “sem manqueira” a “não utilizar”) e mostrou uma redução após as quatro injeções semanais que foram mantidas quatro semanas após o tratamento (oitava semana). O índice de eficácia foi o número de mudanças significativas no status clínico de cada grupo quando comparado a valores de referência. Dosagens mais altas demonstraram uma menor eficácia, o que não configurou um efeito tóxico, mas uma mudança para um equilíbrio menos favorável de atividades contra e a favor do catabolismo onde o efeito tecidual geral é menos favorável.

graf1

Uso

Todos os animais tratados com Cartrophen Vet precisarão de, no mínimo, 1 curso completo* por ano. Um exame de artrite até 6 meses após o diagnóstico é essencial para determinar a melhor hora de repetir. O tratamento é baseado no paciente e o objetivo é prevenir que os sinais de repitam.

A experiência veterinária mostra que a resposta clínica geralmente dura entre 3 a 12 meses e cada paciente deve ser avaliado individualmente.

Sinais leves de OA – 1 curso* a cada 12 meses

Sinais moderados de OA – 1 curso* a cada 6 meses (2 cursos a cada 12 meses)

Sinais crônicos ou graves de OA – 1 curso* a cada 4 meses (3 cursos a cada 12 meses)

*curso = 4 administrações com intervalo de 5 a 7 dias entre elas.